4 dúvidas sobre o inversor solar

O inversor é o dispositivo que converte a eletricidade contínua originada no painel em corrente alternada, a fim de que ela chegue ao consumidor com as características do seu consumo. Diversos inversores inclusive garantem que o sistema fotovoltaico não energize a rede se esta for desligada em apagões, por exemplo.

1 - Há vários tipos de inversores? 

Empty Existe três tipos de inversores e cada uma possui uma função singular: inversor central, inversor string e micro inversor. 

  • O inversor central é o mais usado no mundo. Ele é utilizado para conectar um sistema fotovoltaico sem baterias na rede elétrica que abastece sua casa ou empreendimento. Este tipo de inversor é projetado para desligar-se rapidamente da rede se houver alguma queda, o que funciona tal como uma medida de segurança para o sistema e à própria rede. Ele possui maior eficiência, mas também maior risco.
  • o inversor string, conhecido como “desconectado à rede”, é empregado em sistemas independentes da rede elétrica, ou seja, aqueles localizados em regiões afastadas ou isoladas e dependem de baterias. Uma das suas vantagens é a maior flexibilidade.
  • O micro inversor é projetado para funcionar apenas com um painel fotovoltaico. Deste modo, cada painel funciona de forma independente. Ele possibilita um menor risco, porém um maior custo econômico.

2 - Qual a importância dos inversores no sistema fotovoltaico? 

O inversor é um mecanismo indispensável na instituição do sistema, porque é o responsável por adaptar a tensão da energia gerada pelos painéis. Dessa maneira, pode-se utilizar aparelhos elétricos comuns através da energia solar fotovoltaica, já que o inversor garante a compatibilidade com a energia da rede que é usada nas residências e também empresas.

3 - Necessita de manutenção? 

Os inversores possuem garantia de 5 anos e não exigem manutenção. Se o projeto possuir um dimensionamento coerente eles podem acompanhar a durabilidade dos painéis, com vida útil de 10 a 15 anos. 

4 - Como escolher o inversor?

Os inversores usando a tecnologia String foram usados por décadas. É uma tecnologia testada e verificada, mas não é adequado para determinados tipos de instalações. Uma série de painéis solares só irá produzir tanta eletricidade quanto o painel com a menor produção - se um ou mais de seus painéis solares é sombreada durante qualquer hora do dia, a potência da cadeia inteira é reduzida ao nível daquele painel. Por esta razão, se os painéis solares forem instalados em um lugar com possível sombreamento, o inversor string pode não ser uma boa escolha. Nesse caso um micro inverter seria mais adequado.

Como as usinas da COSOL são sempre localizados em terrenos abertos, sem nenhum sombreamento, podem ser utilizados os inversores string e central sem comprometer na geração. Isso é bem mais difícil em áreas urbanas com prédios vizinhos ou onde tiver árvores na área da instalação.

Referências: COSOL; Solstício Energia.


Olá, vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui e iremos te enviar alguns emails com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um consumidor de energia, investidor, epecista ou apenas interessado neste maravilhoso mundo da sustentabilidade!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Contamos muito com a sua presença neste papo! Cadastre-se na caixa ao lado!