A economia dos recursos naturais e energéticos e a solução para os problemas ambientais

Em primeiro lugar, vamos começar pela definição do que são Recursos Naturais. De modo geral, Recurso Natural é toda substância encontrada na natureza capaz de ser aproveitada para garantir a sobrevivência de uma determinada espécie, satisfazendo suas principais necessidades de alimentação, habitação, locomoção e reprodução, dentre outras.

Existem basicamente 4 tipos de Recursos Naturais:

- Recursos Minerais: água, solo, ouro, prata, cobre, bronze; 
- Recursos Energéticos: sol, vento, petróleo, gás; 
- Recursos Renováveis: madeira, peixes, vegetais – podem ser finitos, a depender do seu grau de utilização
- Recursos Não-Renováveis: petróleo, gás, demais minérios – podem ser recuperados, porém em escalas de tempo sobre-humanas.

Como podemos perceber analisando o breve esquema acima a maioria dos recursos naturais, mesmo os renováveis, podem não ser inesgotáveis, principalmente se forem utilizados de maneira irresponsável e em larga escala. Com isso, talvez o maior desafio, não somente dos gestores ambientais, mas de toda a espécie humana, seja justamente o de conciliar o desenvolvimento econômico com a preservação e conservação do meio ambiente.

E uma boa alternativa pode ser, realmente, a utilização de fontes de energia limpas, baratas e economicamente viáveis, para que sejam atendidas todas as necessidades energéticas da humanidade, porém, sem prejudicar nem esgotar as reservas naturais, preservando-as e conservando-as para as próximas gerações que estão por vir.

Diversas soluções criativas e viáveis vêm surgindo, dia após dia, em todo o mundo. Painéis solares à base de garrafas PET, biodigestores, moinhos e cataventos geradores de energia eólica, geradores de energia a partir das ondas do mar, carregadores de celular à base de energia solar, carros movidos à energia elétrica ou solar, computadores que funcionam movidos a pedais de bicicleta, enfim, uma verdadeira infinidade de idéias inovadoras que, com investimento e, sobretudo, boa vontade, podem perfeitamente ajudar a solucionar boa parte dos problemas ambientais, nesse caso, suprir nossas necessidades energéticas de locomoção e bem-estar.

Fonte: Esse texto é parte integrante do livro "A Gestão Ambiental e a Solução para os Diversos Problemas Ambientais" do Gestor Ambiental Lucas Seixas Souza, disponível em: http://lucasseixas.wixsite.com/agestaoambiental


Olá, vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui e iremos te enviar alguns emails com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um consumidor de energia, investidor, epecista ou apenas interessado neste maravilhoso mundo da sustentabilidade!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Contamos muito com a sua presença neste papo! Cadastre-se na caixa ao lado!