Conheça a primeira usina solar para geração de energia em escala comercial instalada no Brasil

A Eneva (antiga MPX), instituição de energia do Grupo EBX, de propriedade do conhecido empresário Eike Batista, conectou ao Sistema Elétrico Nacional a primeira usina solar para geração de energia em escala comercial no Brasil, a MPX Tauá.

Instalada em Tauá, município do Ceará. (Imagem: Eneva)

Instalada em Tauá, município do Ceará. (Imagem: Eneva)

O empreendimento foi inaugurado e começou a funcionar em junho de 2011. Situado no município de mesmo nome, no sertão do Ceará, a usina possui capacidade instalada inicial de 1 MW, a bastante para abastecer cerca de 1,5 mil famílias. Implantada com a tecnologia de painéis fotovoltaicos, a usina solar conta com 4.680 painéis fotovoltaicos para converter a energia solar em elétrica, numa área de aproximadamente 12 mil metros quadrados. Foram investidos cerca de R$ 10 milhões na unidade, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) apoiou a iniciativa com auxílio de US$ 700 mil.

No Brasil, as fontes complementares à oferta ao Sistema Interligado Nacional  figuram como prioridade pública no Plano Decenal 2010-2019, elaborado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), ligada ao Ministério de Minas e Energia (MME). O projeto da usina foi constituído justamente para incentivar as fontes renováveis e inovadoras. A geração a partir da energia solar fotovoltaica deverá responder por 2% da produção global de eletricidade em cerca de duas décadas, estima a Agência Internacional de Energia (IEA).

Benefícios para a sociedade

A empresa destaca os benefícios diretos que usina trouxe para o sociedade através de mais desenvolvimento para a região, que aqueceu a economia do município e gerou mais oportunidades de renda para a população. Durante a construção, foram gerados aproximadamente 70 empregos diretos, sendo que cerca de 50% dos trabalhadores foram recrutados na região. Devido ao nível de automatização da usina, a equipe necessária para garantir o funcionamento da usina de Tauá é reduzida, porém, a expectativa é que o município de Tauá seja beneficiado através da geração de empregos indiretos, em áreas de prestação de serviços como hotelaria, restaurantes, comércio e transportes por conta da instalação da primeira usina solar comercial do país.

Nesse ano de 2016 a empresa conseguiu autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para ampliar seu projeto para até 50 MW de capacidade.

Referências: Eneva; UOL; Jornal O Povo.


Olá, vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui e iremos te enviar alguns emails com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um consumidor de energia, investidor, epecista ou apenas interessado neste maravilhoso mundo da sustentabilidade!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Contamos muito com a sua presença neste papo! Cadastre-se na caixa ao lado!