Conheça a Solar Bike, a bicicleta elétrica movida por energia solar

Que tal unir duas tecnologias limpas para melhorar a mobilidade urbana? Esta foi a ideia do dinamarquês Jesper Frausig. Depois de três anos desenvolvendo o produto, muitos testes e dois protótipos, o engenheiro apresenta a Solar Bike.

Solar Bike.

Solar Bike.

Diferentemente das bicicletas elétricas convencionais que precisam ser recarregadas em tomadas, a Solar Bike tem células solares acopladas nas rodas, que garantem a autonomia da bateria por cerca de 70 quilômetros.

A magrela dinamarquesa alcança cerca de 25 a 50 quilômetros por hora, assegura o engenheiro. A recarga da bateria é feita no momento em que a bicicleta está parada, em pé, em lugares ensolarados. Quando o ciclista está pedalando, a bateria, instalada no tubo acima dos pedais, alimenta o motor.

A intenção de Frausig, que escreveu sobre a Solar Bike na sua tese de mestrado na Universidade de Berlim, é estimular o uso das bikes nas cidades, ele cita o exemplo de Copenhague, a capital da Dinamarca já é um dos lugares onde elas são mais utilizadasSegundo ele, a Solar Bike pode ser usada por pessoas mais velhas e em serviços de entrega e transporte, principalmente em países onde o acesso à energia elétrica ainda é limitado.

Por último, acabou aquela desculpa para não deixar o carro em casa e ir de bicicleta para o trabalho porque vai chegar suado: com a elétrica, não se faz esforço! E também não se emite dióxido de carbono na atmosfera, evitando o aquecimento global e deixando o  ar mais limpo.

A inovação está concorrendo ao prêmio internacional Index – Design to Improve Life 2015 (Design para Melhorar a Vida, em português) na categoria Comunidade. Considerada uma das mais importantes do mundo no setor de design para sustentabilidade, a premiação concederá ao vencedor €500 mil.

Veja no vídeo abaixo a Solar Bike em ação:

Fonte: Suzana Camargo, colunista do Planeta Sustentável.