recursos

A economia dos recursos naturais e energéticos e a solução para os problemas ambientais

Em primeiro lugar, vamos começar pela definição do que são Recursos Naturais. De modo geral, Recurso Natural é toda substância encontrada na natureza capaz de ser aproveitada para garantir a sobrevivência de uma determinada espécie, satisfazendo suas principais necessidades de alimentação, habitação, locomoção e reprodução, dentre outras.

Existem basicamente 4 tipos de Recursos Naturais:

- Recursos Minerais: água, solo, ouro, prata, cobre, bronze; 
- Recursos Energéticos: sol, vento, petróleo, gás; 
- Recursos Renováveis: madeira, peixes, vegetais – podem ser finitos, a depender do seu grau de utilização
- Recursos Não-Renováveis: petróleo, gás, demais minérios – podem ser recuperados, porém em escalas de tempo sobre-humanas.

Como podemos perceber analisando o breve esquema acima a maioria dos recursos naturais, mesmo os renováveis, podem não ser inesgotáveis, principalmente se forem utilizados de maneira irresponsável e em larga escala. Com isso, talvez o maior desafio, não somente dos gestores ambientais, mas de toda a espécie humana, seja justamente o de conciliar o desenvolvimento econômico com a preservação e conservação do meio ambiente.

E uma boa alternativa pode ser, realmente, a utilização de fontes de energia limpas, baratas e economicamente viáveis, para que sejam atendidas todas as necessidades energéticas da humanidade, porém, sem prejudicar nem esgotar as reservas naturais, preservando-as e conservando-as para as próximas gerações que estão por vir.

Diversas soluções criativas e viáveis vêm surgindo, dia após dia, em todo o mundo. Painéis solares à base de garrafas PET, biodigestores, moinhos e cataventos geradores de energia eólica, geradores de energia a partir das ondas do mar, carregadores de celular à base de energia solar, carros movidos à energia elétrica ou solar, computadores que funcionam movidos a pedais de bicicleta, enfim, uma verdadeira infinidade de idéias inovadoras que, com investimento e, sobretudo, boa vontade, podem perfeitamente ajudar a solucionar boa parte dos problemas ambientais, nesse caso, suprir nossas necessidades energéticas de locomoção e bem-estar.

Fonte: Esse texto é parte integrante do livro "A Gestão Ambiental e a Solução para os Diversos Problemas Ambientais" do Gestor Ambiental Lucas Seixas Souza, disponível em: http://lucasseixas.wixsite.com/agestaoambiental


Olá, vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui e iremos te enviar alguns emails com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um consumidor de energia, investidor, epecista ou apenas interessado neste maravilhoso mundo da sustentabilidade!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Contamos muito com a sua presença neste papo! Cadastre-se na caixa ao lado!


Novo mapa solar e eólico para download no ATLAS GLOBAL da IRENA

Pela primeira vez, dados do recurso de energia renovável produzidos de forma privada estão disponíveis para download a todos gratuitamente.

Atlas sobre energias renováveis da Irena

Em maio deste ano, a Atlas Global da IRENA das Energias Renováveis anunciou uma nova ferramenta que permite aos usuários fazer download de dados de recursos renováveis a partir de conjuntos de dados selecionados para análise offline. Até agora, apenas dados de fontes de financiamento público selecionados estava disponível. Isso mudou agora que a Vaisala, líder mundial em medição ambiental e industrial, fez com que os seus dados médios anuais sobre irradiação solar e da velocidades do vento estejam disponíveis para download através do Atlas Mundial. Esta capacidade dá aos desenvolvedores, os tomadores dos decisões políticos e pesquisadores acesso a dados globalmente consistentes de recurso que pode ser usado na definição de políticas e execução de planejamento inicial do projeto e prospecção.

O mapa da Vaisala no Atlas Global fornece acesso a radiação solar e velocidade do vento globais.

O mapa da Vaisala no Atlas Global fornece acesso a radiação solar e velocidade do vento globais.

Acesso aos dados mundiais confiáveis da radiação solar

Nicolas Fichaux, Diretor Sênior do programa da IRENA, sente-se orgulhoso do progresso do que o Atlas Mundial tem feito desde que foi lançado em 2013. "Nosso objetivo comum é para acelerar o crescimento das energias renováveis em todo o mundo. Ao empurrar os limites de dados de recursos disponíveis ao público, IRENA e Vaisala estão ajudando o setor a se mover mais rapidamente, diminuindo a complexidade de entrada em novos mercados de energia renovável. O sector privado reconhece o desafio, e este contributo da Vaisala demonstra seu contínuo apoio para o trabalho da IRENA. "

Pascal Storck, Gerente Global de Serviços de Energia na Vaisala, acrescentou: "Facilitar o acesso aos dados confiáveis do recurso é um primeiro passo essencial quando se trata de apoiar a expansão global de energia renovável. É nosso objetivo e responsabilidade para minimizar o risco de investimento para a indústria em todo o ciclo de vida de projetos - desde os esforços de prospecção em fase inicial destes dados permite ao previsões financeiras e de apoio operacional em tempo real mais detalhada nós fornecemos aos clientes. Trabalhando com IRENA como parte da Iniciativa Global Atlas nos dá a oportunidade de maximizar o alcance global de nosso conjuntos de dados solares e eólicos para o benefício da comunidade internacional de desenvolvimento de energia renovável e as suas ambições em novos mercados promissores ".

Dados de energia solar e eólica de alta qualidade

Os dados podem ser carregados a partir do mapa da Vaisala no Atlas Global, em formato GeoTIFF em porções de 4 MB. dataset eólica global da Vaisala fornece velocidades médias anuais de vento a uma altura de 80 metros e uma resolução de 5 km, com base em dez anos de dados de hora em hora de simulações avançadas e validados contra medidas no terreno. O conjunto de dados solar global fornece irradiação anual média global horizontal (GHI) a 3 km de resolução. A informação é baseada em mais de dez anos de dados horários derivados de imagens de satélite e validados contra medidas no terreno.

Como baixar os dados solares no Atlas Mundial da Vaisala

Como baixar os dados solares no Atlas Mundial da Vaisala

Para mais informações sobre como transferir os dados do Atlas Global, assista o breve tutorial sobre as novas funcionalidades na versão 2.1, ou assista o webinar recente sobre a Avaliação dos Recursos Solares com a Atlas Global de Energias Renováveis da IRENA.

Fonte: Irena


Olá, vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui e iremos te enviar alguns emails com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um consumidor de energia, investidor, epecista ou apenas interessado neste maravilhoso mundo da sustentabilidade!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Contamos muito com a sua presença neste papo! Cadastre-se na caixa ao lado!

Um país pobre mesmo sendo um país rico em recursos

Somos vistos como um país afortunado, pela abundância de terras, belas praias e principalmente pelo sol ardente, não existe um símbolo que represente tanto o Brasil como o Sol. O país dispõe um gigante potencial para a geração de energia solar, mas mesmo com essas condições vantajosas o uso desse tipo de energia é pouco considerado.

É necessário ter consciência do enorme potencial de energia solar do país. Esse potencial se tornou ainda mais relevante quando a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) estabeleceu Resoluções com intuito de fomentar o avanço do setor, permitindo que todo cidadão use seu telhado para gerar sua própria eletricidade ou que use a geração compartilhada, através de cooperativas e condomínios solares, possibilitando ao consumidor receber descontos na sua conta de luz. Em longo período essa economia se transformaria em outras formas de consumo, estimulando a movimentação de capital em diversas áreas. 

Apesar dos progressos havidos, a sociedade em sua maioria ser possível ocorrer desenvolvimento sem aproveitar as muitas dádivas que a natureza oferece para se poder criar mais riqueza, que promova mais emprego e maior bem-estar de forma sustentada.

Como a energia limpa é um conceito relativamente recente no Brasil, esse pensamento ocorrer na grande maioria das vezes por conta da desinformação sobre o assunto.É imprescindível que tenhamos ações de conscientização promovidas pelo poder público e pela sociedade civil, para ampliar o conhecimento sobre os benefícios dessa fonte energética. Somente três em cada dez  brasileiros sabem da possibilidade de gerar sua própria energia, segundo uma pesquisa realizada pelo Greenpeace em conjunto com a Market Analisys em dezembro de 2013.

O melhor aproveitamento do potencial de energia solar no Brasil constitui não só mais segurança energética para o país que por vezes enfrenta crises elétrica e hídrica, do mesmo modo proporcionaria uma enorme contribuição na geração de emprego e renda para os brasileiros. Somando-se a isso, essa matriz energética oferece ainda uma importante contribuição na luta contra as mudanças climáticas, na qual todos nós temos papel essencial a desempenhar. 

A energia solar, possui facilidade de seu uso e elevados rendimentos obtidos através de plantações energéticas, a modalidade conhecida como condomínio solar possibilita a expansão do uso de energia solar para diversos consumidores seja porque é mais acessível do que a instalação nos telhados, seja por falta de acesso a um telhado ou até mesmo pela praticidade. Essa fonte de geração é a opção mais limpa e segura para produzir eletricidade até mesmo para comunidades isoladas e de difícil acesso.

Alguns podem interpretar estas ideias como sendo desinteressantes e outros inacessível mas energia solar já é uma realidade e é capaz de promover desenvolvimento o nosso país. Para não que não permanecemos sendo pobres num país rico em muitos recursos naturais e humanos, é necessário planejar e trabalhar com afinco, pois aumentar a produtividades e melhorar a competitividade global do país muitas vezes depende principalmente de nós mesmos. 

Referência: Greenpeace.


Olá, vamos bater um papo! É só se cadastrar aqui e iremos te enviar alguns emails com o melhor do nosso conteúdo para te ajudar, seja você um consumidor de energia, investidor, epecista ou apenas interessado neste maravilhoso mundo da sustentabilidade!

É um caminho de comunicação direto que nenhum outro portal oferece para seus leitores. E a intenção é construir uma comunidade vibrante que esteja preparada para todos os enormes desafios que virão. Vamos construir conhecimento e conteúdo juntos! Contamos muito com a sua presença neste papo! Cadastre-se na caixa ao lado!