TRT no Amapá adota energia solar e deve economizar R$ 1 milhão

Obra tem 600 painéis solares instalados em todos os blocos do prédio. Previsão do TRT da 8º região é que o fórum, com energia solar, seja inaugurado em setembro.

energia solar + cosol

O prédio do fórum trabalhista do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, localizado na Zona Norte de Macapá, adotou o sistema de energia solar que deve gerar economia de aproximadamente R$ 1 milhão em cinco anos, informou o órgão.

O engenheiro elétrico responsável pela implantação do teto solar, Jorge Viana, explica que o edifício conta com placas com geradores fotovoltaicos, que totalizam 600 painéis solares que foram instalados sobre o teto dos blocos por todo o fórum.

"A energia que vem do sol será irradiada até as placas no telhado, armazenada nos painéis fotovoltaicos, que vão converter a energia do sol em elétrica, que seguem para a subestação. Dessa maneira ocorre melhor economia em energia elétrica", explicou Viana.

Segundo o presidente do TRT na 8º região, Sérgio Rocha, o investimento no valor de, aproximadamente R$ 1 milhão, mas ele ressalta que o retorno financeiro através da economia deve ocorrer em até cinco anos. O tribunal estima que o prédio seja inaugurado em setembro.

"A previsão é que esse sistema tenha 15 anos de vida útil, mas a economia em energia elétrica será de R$ 1 milhão até 2020", explicou desembargador.

Fonte: Globo.