Mudança da unidade consumidora

Entenda quais são as diferenças entre a mudança da unidade consumidora no caso de um sistema solar instalado no telhado da sua casa ou empresa e no caso do aluguel de um lote, em um condomínio solar, que trabalha com geração remota.

unidade consumidora + energia solar + cosol

Mudanças na nossa vida ocorrem, muitas vezes de forma inesperada, não é mesmo?!

Imagine a seguinte situação: Você decide reduzir os custos com a conta de energia da sua casa ou da sua empresa, pensa bastante e opta por instalar um painel solar fotovoltaico no seu telhado, pois além de economizar dessa maneira também irá contribuir para um mundo mais sustentável. Pois bem, você investe no equipamento, compra várias placas solares, procura uma empresa para fazer a instalação, possivelmente paga caro, pois esse é um serviço que requer boa mão de obra e por fim você tem o seu sistema solar instalado, produzindo energia, diminuindo os valores na sua fatura mensal de energia e você bastante contente com isso. Até que, você precisa mudar de endereço, e agora, o que fazer?  Você poderá tentar vender para o novo morador da sua antiga residência ou até mesmo procurar a empresa, novamente para desinstala-lo e reinstala-lo no seu novo telhado pagando a mais por isso, mas de qualquer maneira você sofrerá algum prejuízo.

Comprando ou alugando um sistema solar de uma empresa que trabalha com geração remota, como os Condomínios Solares, já presentes no Brasil, você poderá economizar ainda mais nos seus gastos mensais com a fatura de energia, pois devido a produção em grande escala essas empresas conseguem vender os sistemas com valores mais acessíveis do que os valores efetuados para a compra das placas solares de forma individual, por cada consumidor para instalação residencial.

Você contribuirá para um planeta menos poluído pois a energia solar é uma energia limpa, estimulará o crescimento dessa matriz energética no Brasil, país com extremo potencial para esse tipo de geração.

 

Além de todos os benefícios citados, aquele problema colocado no começo do nosso texto será solucionado e muito bem solucionado. Pois o condomínio solar possui endereço fixo que não será modificado quando você por ventura precisar mudar de bairro ou de cidade, o que irá mudar, apenas, é a sua estação consumidora da energia produzida pelas placas fotovoltaicas instaladas no condomínio. De maneira bem simples, você informa a empresa responsável pela geração da energia o seu novo endereço e ela repassa para a concessionária de energia.

Alguma dúvida de qual a melhor opção para economizar, ser sustentável e aproveitar as boas mudanças? 


SIGA A COSOL NO MEDIUM: MEDIUM.COM/COSOL